Inscrição Enem 2015

Faça a sua Inscrição para o Enem 2015. Não perca o prazo!

Baixar apostila do Enem Chegou a hora de começar a estudar pra valer! O Enem 2015 está chegando. Baixe o melhor material.

Diploma do Ensino Médio Confira o que fazer para conseguir seu diploma através do Enem. Veja.

O que cai no Enem 2015 Confira todas as matérias que caem na prova do Enem. Estude agora!

Baixar Provas Anteriores Baixe as provas anteriores do Enem para treinar e se dar bem.

Quero Entrar na faculdade! Quer entrar na faculdade? Veja como conseguir através do ENEM.

Enem Faculdades Públicas O Sisu seleciona candidatos para faculdades federais. Veja como conseguir.

Prouni O Prouni dá bolsas em milhares de universidades em todo o país. Faça sua faculdade.

Tem dúvidas sobre alguma matéria?

FAÇA A SUA PERGUNTA A RESPEITO DE QUALQUER DISCIPLINA ESCOLAR OU UNIVERSITÁRIA. ESTÁ DIFÍCIL FAZER O TRABALHO? ENTÃO PERGUNTE!

Enviar pergunta

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Literatura - Biografia e resumo sobre Mário de Andrade

Aula de Literatura: Modernismo - Resumo biográfico e principais obras de Mário de Andrade

Mário de Andrade

Mário Raul de Morais Andrade (1893-1945) foi um dos organizadores do Modernismo e da Semana de Arte Moderna de 1922. Começou escrevendo críticas de arte e poesia (ainda parnasiana) com o pseudônimo de Mário Sobral. Rompeu com o Parnasianismo e o passado com Paulicéia Desvairada e a Semana, da qual participou ativamente. Mário de Andrade era um escritor completo: além de poesia, também escreveu romances (Amar, Verbo Intransitivo e Macunaíma), contos (Primeiro Andar, Belazarte e Contos Novos) e ensaios (A escrava que não é Isaura, Música do Brasil, O movimento modernista e O empalhador de passarinhos). Lutou sempre por uma literatura brasileira e com temas brasileiros. Por ironia do destino, Mário era anti-romântico e este também era o objetivo do romântico José de Alencar. Mário de Andrade era um homem tímido e, segundo Rachel de Queiroz, um homossexual reprimido. Num PS, esta figura é de Mário mais velho, mas ele nunca teve muito cabelo.

"O rosto se apoiou nos cabelos dele. Os lábios quase que, é natural, sim: tocaram na orelha dele. Tocaram por acaso, quase de posição. Os seios pousaram sobre um ombro largo, musculoso, agora impassível escutando. Chuvarada de ouro sobre a abandonada barca de Dânae… Carlos… eta arroubo interior, medo? vergonha? aterrorizado! indizível doçura… Carlos que nem pedra." Amar, Verbo Intransitivo

"… de amor!… Ela abriu os olhos da vida pra aquele. Ininteligente. Sarambé. Batido, sem mesmo vivacidade interior. Decididamente Luís lhe desagradava, e Fräulein não sentiu nenhuma vontade de continuar. Porém como se ele apenas esperasse um gesto dela para recomeçar o aprendizado, Fräulein molemente buscou entre as mãos dele a fita de serpentina. O gesto preparado aproximou os corpos. Ondulação macia de auto é pretexto que amante não deve perder. Descansando mais pesadamente o ombro no peito dele, Fräuilein se deixou amparar. Ensinava assim o mais doce, mais suaves dos gestos dos proteção." Amar, Verbo Intransitivo

"Ai! que preguiça!…" Macunaíma

"Pouca saúde e muita saúva os males do Brasil são." Macunaíma


Fonte(s) de consulta: Coladaweb

1 comentários:

Anônimo,  16 de março de 2011 20:02  

admirar esses autores e coisa de louco sou mais admirar as meninas loucura so rapaiz

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Política de privacidade

! ''Templates em geral'' - Templates para Blogs, Fóruns, Sites, e +! 2009

Voltar ao TOPO